Quer participar neste blog, tem alguma ideia ou sugestão para dar? easylado@sapo.pt

.Posts mais comentados

129 comentários
21 comentários
13 comentários
8 comentários
7 comentários

.posts recentes

. Individualismo-social

. Fidel Castro

. Se não estiveres a lutar...

. Lock her up? Não obrigado...

. A lei e a religião (o cas...

. É claro temos défice

. E ainda as eleições de 20...

. O Bolo-Rei

. Vota Bloco de Esquerda

. Eleições Legislativas 201...

Pesquisa personalizada
Segunda-feira, 23 de Fevereiro de 2009

Esquerda e Direita

Muito se fala, na antevisão das próximas eleições e neste contexto de crise, nas esquerdas e nas direitas que fazem o nosso espectro político.

Ora mas o que é que isso quer dizer de esquerda e direita?

Podemos dizer, de uma forma simplista que para a direita clássica, a natureza humana é acima de tudo incorrigível. O homem é essencialmente mau e não há nada a fazer. O melhor que se pode fazer para poder viver em sociedade é refrear o seu ímpeto, e claro, se necessário (e pelos visto é, muitas vezes) utilizar a força. Logo existe a necessidade de criar leis cada vez mais rígidas e o apelo a uma moral severa, de preferência inspirada por uma força superior, como Deus.

Já para a esquerda, podemos dizer que ela vê o homem, muito mais do que os seus genes, é um produto do seu ambiente, que pode ser alterado segundo projectos racionais. São incentivadas as acções e medidas de carácter social e as intervenções do Estado na economia são desejáveis, de modo a tornar o mundo um lugar melhor.

Mas estando mais inclinado para a direita ou para a esquerda o que eu sei, é que a realidade pode ser manipulada com muito poucos obstáculos. Temos que reconhecer que o principal objectivo do discurso político é ganhar o poder e continuar no poder sempre que possível (basta ver os mais recentes acontecimentos na Venezuela). Se queremos ter melhores políticos, a única maneira que temos de persuadir e a fazer respeitar mais a realidade é através da insistência do eleitorado, que deve recompensar aqueles que considera verdadeiros e perspicazes, e punir os que se dedicam ao engano deliberado.

O eleitorado precisa de estar mais empenhado na procura da verdade do que esta actualmente, a bem da democracia e do bom funcionamento das instituições.

publicado por Bruno C. às 10:23
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

.links

.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.participar

. participe neste blog

.mais sobre mim

Twingly BlogRank Estou no Blog.com.pt Blog Flux Directory BRDTracker Central Blogs Page Rank

.arquivos