Quer participar neste blog, tem alguma ideia ou sugestão para dar? easylado@sapo.pt

.Posts mais comentados

129 comentários
21 comentários
13 comentários
8 comentários
7 comentários

.posts recentes

. Individualismo-social

. Fidel Castro

. Se não estiveres a lutar...

. Lock her up? Não obrigado...

. A lei e a religião (o cas...

. É claro temos défice

. E ainda as eleições de 20...

. O Bolo-Rei

. Vota Bloco de Esquerda

. Eleições Legislativas 201...

Pesquisa personalizada
Sexta-feira, 8 de Janeiro de 2010

União Civil Registada ou Casamento Gay

A terminologia “União Civil Registada” é a Estrela de David do casamento. Algo para se distinguirem uns dos outros. Na minha opinião para se chamar assim, mais valia nem existir. E qual seria estado civil correspondente? “Unido”? Mesmo com a terminologia de casamento, a união gay vai ser discriminada ainda por muito tempo.

Podemos ter carros que estacionem sozinhos, mas as mentalidades vão ter sempre um atraso de evolução de 100 anos. As mulheres só votam há 36 anos, só podem abortar há três e ainda hoje são discriminadas no acesso ao emprego. Poderem casar já é muito bom. Queriam já poder adoptar? Sim é pedir muito! Sobretudo numa sociedade tão machista. E quando falamos na adopção de homens ainda é pior. Nenhum homem quer reconhecer que o amigo do lado pode fazer aquela coisa horripilante que é a sodomia. Dizem que é contagioso. Para além disso eles os homens são vistos como naturalmente menos capazes de cuidar de uma criança. Mas dois perfazem o equivalente a uma mulher e se uma mulher sozinha pode adoptar, também dois homens poderiam. Quando à adopção, uma dica: adoptem primeiro e casem depois.

publicado por Cldsunshine às 15:12
link do post | comentar | favorito
|  O que é?
2 comentários:
De DJ Sá-nyamentu a 8 de Janeiro de 2010 às 15:46
Cara Cldsunshine .

Na verdade as pessoas equivocam-se quanto à preocupação da utilização de palavras como casamento e matrimónio. Essas palavras têm conotações religiosas e nada têm a ver com os benefícios fiscais obtidos por duas pessoas que partilham uma casa, uma vida.. Basta lembrar que um casal que partilhe uma casa há mais de cinco anos passa a ser considerado como em união de facto, aos olhos da lei e governo e tudo mais.
Na minha opinião, os gayzores deviam era borrar a cara com merda quando se queixam que não os deixam casar. Casar para quê? Não vos serve a mesma consideração fiscal sem a palermice da conotação religiosa nem a estupidez da cerimónia "prós amigos"? Aparecem na televisão simbolicamente vestidos de fatos e vestidos brancos quando podiam passar sem isso tudo, não? Eu concordo com "Unidos perante a sociedade" e por "sociedade" entenda-se Finanças e Segurança Social. Porque se eu não me importo com a bisgolha da minha vizinha se casar com o guna mais trambolho do bairro, e terem um filho juntos a viver na casa sobrelotada dos avós, porque me havia de preocupar em ver duas pessoas do mesmo sexo, que gostariam de viver juntas e partilhar o seu dia a dia e até quem sabe educar uma criança?
Não é necessário tanto alarido (embora compreenda que o povo não vive sem isso por influência da religião) por duas pessoas do mesmo sexo quererem ter os mesmos direitos que um casal homem-mulher ao partilharem a sua vivência. Ao fim e ao cabo nem a maioria dos casais ditos "normais" deviam ter tal permissão. O mesmo acontece com a adopção, onde nada tenho a acrescentar ao seu post excepto no inerente comentário sobre à inabilidade do homem em educar uma criança. Não tem olhado para muitas mulheres à sua volta ultimamente , pois não?
Sim, a sociedade é machista. E sim, a mulher é descriminada. Mas não, não acredito que "a Mulher" seja mais capaz de cuidar de uma criança que "o Homem". São casos a analisar separadamente.
O mesmo não acontece com a adopção por casais do mesmo sexo. Esses deviam ser analisados como os casais homem-mulher já são. Minuciosa e cuidadamente, mas sem preconceitos nem preocupações parvas como a criança vai ter dois pais ou duas mães e vai achar estranho (há muitos filhos de pais solteiros que não conhecem o outro progenitor e sobrevivem), nem como o gozo das outras crianças (elas são assim porque os pais são assim, e os pais não mudam se a sociedade em geral não mudar.) Há que começar por algum lado e em alguma altura.

As minhas pequenas dicas: Deixem de chamar casamento às uniões Homem-Mulher , passem a fazer esta sessão de assinaturas apenas no registo e sem cerimónias parvas e vão ver que o alarido desaparece.
Comecem a estudar famílias tão minuciosamente como se faz para os casos de adopção e vão ver quantos casais Homem-Mulher se vão ver sem os seus filhos num instante.

Num tom mais jocoso , o ânus tem inúmeras terminações nervosas, o que teoricamente faz do acto de sodomia uma experiência agradável. Se os homens têm assim tanto gosto em sodomizar e assim subjugar as suas esposas, porque lhes custa tanto pensar que outras pessoas que se ama façam o mesmo?
De Cldsunshine a 8 de Janeiro de 2010 às 16:13
Caríssimo DJ Sá-nyamentu,

Aprecio a sua descrição da vida no planeta dos macacos, mas não ia tão longe ao dizer para se deixar cair o casamento como cerimónia e apenas deixar a simples assinatura dos papéis. As prendas também dão jeito e os casais do mesmo sexo também têm direito a terem prendas. Mas, mesmo que assim fosse, acho que muitos casais homossexuais não se importariam com a simples cerimónia no registo. Acho que o importante para eles não será a cerimónia “para os amigos”.
Como homem e por orgulho ferido deve achar que é tão capaz de cuidar de uma criança quanto uma mulher. De facto há mulheres que não têm muito jeitinho para crianças, mas são em tanto número quanto os homem capazes de cuidar de um ser que não o próprio, isto é, casos raros.
Ideal perfeito de modelos parentais (isto numa tabela fica muito mais giro). Duas mães: Criança feliz. Uma mãe e um pai: Criança feliz. Uma mãe: Criança feliz, mas com algumas carências. Dois pais: Criança feliz mas com algumas carências. Um pai: Criança morta ao fim de uma semana.

Comentar post

.links

.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.participar

. participe neste blog

.mais sobre mim

Twingly BlogRank Estou no Blog.com.pt Blog Flux Directory BRDTracker Central Blogs Page Rank

.arquivos