Quer participar neste blog, tem alguma ideia ou sugestão para dar? easylado@sapo.pt

.Posts mais comentados

129 comentários
21 comentários
13 comentários
8 comentários
7 comentários

.posts recentes

. Individualismo-social

. Fidel Castro

. Se não estiveres a lutar...

. Lock her up? Não obrigado...

. A lei e a religião (o cas...

. É claro temos défice

. E ainda as eleições de 20...

. O Bolo-Rei

. Vota Bloco de Esquerda

. Eleições Legislativas 201...

Pesquisa personalizada
Quinta-feira, 7 de Outubro de 2010

Os Juros de Portugal

Os Juros da dívida portuguesa voltaram a subir, mesmo depois das novas medidas de austeridade e depois da moody's ter dito que é possível que Portugal consiga reduzir o défice abaixo dos 3% do PIB em 2012. Subiram porque os mercados não querem saber disso, querem é espremer Portugal independentemente das medidas, planos ou malabarismos que surjam.

A solução? Portugal dizer simplesmente - Basta! Não Pagamos.

publicado por Bruno C. às 19:24
link do post | comentar | favorito
|  O que é?
1 comentário:
De visionario a 11 de Outubro de 2010 às 12:35
No inicio da década de 90, quando muitos países se debatiam com dividas externas tão grandes que impediam o seu próprio desenvolvimento, surge a moda "não pagamos". Creio que essa moda foi iniciada por Jeffrey Sachs enquanto conselheiro económico desses países. tratavam-se de países antes chamados de terceiro mundo e agora chamados de em vias de desenvolvimento, cujas dividas eram de facto um enorme entrave ao desenvolvimento económico. No entanto essa desculpa não cola mais. Se não colou com a Rússia quando se debatia com as dividas contraídas durante a guerra, não vai colar com um pais da UE cujo risco de colapso, ao contrario do que muitos auguram (medinas carreiras e pulidos valentes) não é real.
Agora acho engraçado o rating de Portugal descer por se considerarem as medidas de austeridade insuficientes (nomeadamente pelo BCE e Comissão europeia), mas por outro lado ser prevista uma recessão económica (pelo FMI) por essas mesmas medidas. Em que pé estamos, são insuficientes ou vão causar recessão. Pior, e se são as duas? Se são insuficientes e vão causar recessão económica? Quer dizer que deveríamos tomar mais medidas de austeridade e recuar ainda mais no crescimento económico? mas o caminho não é para a frente? não sei se me fiz entender, mas isto é mesmo para além de complicado, parvo.

Comentar post

.links

.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.participar

. participe neste blog

.mais sobre mim

Twingly BlogRank Estou no Blog.com.pt Blog Flux Directory BRDTracker Central Blogs Page Rank

.arquivos