Quer participar neste blog, tem alguma ideia ou sugestão para dar? easylado@sapo.pt

.Posts mais comentados

129 comentários
21 comentários
13 comentários
8 comentários
7 comentários

.posts recentes

. Individualismo-social

. Fidel Castro

. Se não estiveres a lutar...

. Lock her up? Não obrigado...

. A lei e a religião (o cas...

. É claro temos défice

. E ainda as eleições de 20...

. O Bolo-Rei

. Vota Bloco de Esquerda

. Eleições Legislativas 201...

Pesquisa personalizada
Quinta-feira, 5 de Novembro de 2015

É claro temos défice

Devia ser claro que um défice por si só não é uma coisa má, nem boa já agora, tudo depende do que estamos a fazer para gerar esse défice. Se o défice for criado para investir e modernizar, se nos vai garantir mais dividendo no futuro esse défice não deve ser um problema. Mas se o défice se torna numa meta a não atingir aí começam os nossos problemas, como a doutrina da austeridade já comprovou vezes sem conta em praticamente todos os países onde foi aplicada. O défice é uma consequencia das politicas económicas e não um objetivo dessas políticas. Se for o objetivo inevitavelmente teremos que vender todo o que conseguirmos para ter dinheiro a curto prazo, hipotecando assim o futuro.

E já agora Portugal sempre teve défice e isso nunca impediu os empresários de investir cá no país!

A ideia que um Estado não pode investir, criar e desenvolver. É o mesmo que dizer que o Estado não tem futuro e não vale apostar. Não podemos continuar a tratar o nosso país como se fosse uma empresa que deu prejuízo e por isso abriu falência e está a vender todos os seus bens.

O grande problema de Portugal não tem nada relacionado com falta de dinheiro, o problema é que Portugal tem muitos chicos-esperto que estão a aproveitar a ideia da austeridade para ganhar rios de dinheiro com o exército de precários que estão a conseguir criar com o constante ataque ao trabalhador e aos seus direitos, e com a venda ao desbarato de todos os recursos lucrativos do Estado.

 

publicado por Bruno C. às 21:14
link do post | comentar | favorito
|  O que é?
1 comentário:
De fernada a 8 de Novembro de 2015 às 12:41
É preciso perceber que o défice só existe porque há dívida pública e há dívida pública porque os governos em vez de tributarem como deve ser os detentores de riqueza preferem pedir-lhes dinheiro emprestado pagando juros e no longo prazo o próprio capital. Claro que quem empresta também prefere emprestar a pagar imposto.
Portanto divulgar esta perspetiva que é correta embora aqui eu a tenha simplificado é muito importante para as pessoas perceberem do que se está a falar.

Comentar post

.links

.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.participar

. participe neste blog

.mais sobre mim

Twingly BlogRank Estou no Blog.com.pt Blog Flux Directory BRDTracker Central Blogs Page Rank

.arquivos