Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Reactor 4

esquerda snowflake, lobo marxista easylado@sapo.pt

Reactor 4

esquerda snowflake, lobo marxista easylado@sapo.pt

A história de Alonso, Hamilton e a McLaren

20.11.07 | Bruno C.

No inicio da temporada de 2007 existia muita especulação sobre quais os grandes candidatos ao título. Entre eles estava o bi-campeão Alonso, que se mudava da Renault para a McLaren e ao seu lado tinha o estreante Lewis “menino bonito de Ron Dennis” Hamilton. Do outro lado da barricado estava a equipa da Ferrari, órfã de Schumi, mas com Massa, um brasileiro com ambição mas sem grande currículo e Raikkonen, o homem do gelo que já vinha a prometer muito, sem, no entanto, cumprir.

Ora o ano, que parecia de muitas vitórias e títulos, acabou muito mal para a McLaren. E quem foi o grande responsável? Na minha opinião Ron Dennis. O chefe de equipa tem que ser capaz de organi-zar a sua equipa para a ganhar o mundial. Analisando a sua equipa ele tinha um claro nº1 – Alonso. O segundo piloto era um estreante nunca poderia ser equiparado ao bi-campeão.

Ao favorecer Hamilton, Dennis desprezou Alonso, descendo-o da sua condição de líder da equipa. Não sou contra a luta entre os pilotos da mesma equipa, desde que os pilotos estejam equiparados no estatuto dentro de pista. Dennis cometeu um erro crasso na gestão da equipa o mau estar instalou-se entre os pilotos e na própria equipa, que se ficou a rir foi a Ferrari só teve que aproveitar e recolher os pontos até serem campeões sem terem que se esforçar muito.

Uma lição para Ron Dennis...

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.