Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Reactor 4

esquerda snowflake, lobo marxista easylado@sapo.pt

Reactor 4

esquerda snowflake, lobo marxista easylado@sapo.pt

Presidenciais 2011

10.01.11 | Bruno C.

As eleições presidenciais estão mesmo a aparecer e penso que está na hora de fazer uma pequena reflexão sobre os candidatos e a pré-campanha.

Por falar nos candidatos temos à cabeça o candidato que tenta a reeleição, Cavaco Silva. Um candidato apoiado pela coligação PSD-CDS. Sempre fiel ao seu estilo demonstrou ao longo desta pré-campanha uma natural rejeição do confronto de ideias e de debater casos e temáticas que lhe são difíceis optando pelo discurso da vitimização.

Em segundo lugar temos Manuel Alegre, apoiado pela esquizofrénica coligação PS-BE, foi uma surpresa na última eleição mas já não apresenta os valores de “novidade” de antigamente e por isso não está tão forte. Por outro lado os dois partidos que o apoiam nem se querem ver! E parece que apoiam um candidato diferente não aproveitando uma dinâmica de grupo que poderiam aproveitar na ala esquerda dos votos.

Depois temos os candidatos de segunda linha, os independentes, Defensor Moura e Fernando Nobre e o candidato apoiado pelo PCP Francisco Lopes que mais não fazem do que algumas frases e momentos de inspiração sem serem levados a sério pelos eleitores.

Finalmente e sem contar para nada temos o candidato da Madeira, José Coelho que mais parece que está a fazer campanha para as eleições para a região autónoma do que propriamente para a presidência do País.

A verdade é que a grande competição está entre Cavaco de 71 anos e Alegre de 74! Dois representantes de uma geração completamente desfasada com os problemas actuais, ainda restos do pós-guerra e da ditadura. Dizem que esta eleição não está a motivar a opinião pública, e não está porque nenhum dos intervenientes conseguiu ser diferente, inovar e quebrar com o marasmo de personalidades que se vive em Portugal.

Eu, pelo menos nunca votaria numa pessoa arrogante como esta:

 

Cavaco e o BPN antes e o BPN agora

03.01.11 | Bruno C.

 BPN

 

Cavaco Silva é uma vitima, sem foi e vai continuar a ser. Sobre as suas declarações em relação ao BPN disse que “houve uma deturpação” da sua resposta a uma pergunta que foi feita num debate “sobre o BPN actual, não sobre o BPN que está a correr em tribunais”.

Mas eu não vejo deturpação nenhuma, quem foi nomeado para salvar, digo tirar o BPN do buraco deve ser repreendido por incompetência, os responsáveis por enterrar o BPN devem estar na comissão de honra da sua candidatura ás presidenciais. Não sei onde está a confusão.

Estamos perante um exemplo clássico de retórica Cavaquista.

Dilma Rousseff

01.01.11 | Bruno C.

Hoje marca o início do novo ano e o primeiro dia da presidência de Dilma à frente do Brasil.

Sucede a Lula e a uma administração que foi um sucesso (com mais de 80% de popularidade). E foi um sucesso porque Lula conseguiu formar alguns consensos importantes. Não inventou, conseguiu evitar a crise mundial e a aliou-se a quem o podia ajudar, como foi o caso da China. Vamos ver se Dilma consegue manter o que o Brasil consegiu e evitar cair mais uma vez na crise permanente.

 

dilma, brasil, política

Pág. 2/2