Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Reactor 4

esquerda snowflake, lobo marxista easylado@sapo.pt

Reactor 4

esquerda snowflake, lobo marxista easylado@sapo.pt

Ainda o caso “Face Oculta”

27.11.09 | Bruno C.

È verdade que as escutas envolvendo o Primeiro-Ministro produziram uma inquietação nos magistrados de Aveiro, dúvidas os inquietações que não foram atendidas pelo Procurador e pelo Presidente do Supremo. É bom lembrar que a interpretação díspar do mesmo facto é um dos pontos bases do nosso sistema jurídico. Se assim não fosse não existiria lugar para recursos (recursos que muitas vezes alteram a primeira decisão).

Por outro lado, como ninguém sabe o conteúdo das escutas, não sabemos que motivos levaram os magistrados de Aveiro a encaminharem o processo. Podem ter sido motivos graves ou apenas dúvidas pelo nome das pessoas envolvidas.

Não sabemos o conteúdo, mas sabemos que foi uma conversa privada. E também sabemos que se nenhum magistrado achou que o conteúdo era grave o suficiente para iniciar uma investigação criminal, logo, não deveríamos inverter o ónus da prova e exigir que o Primeiro-Ministro prove que é inocente.

Aqueles que preferem ouvir as escutas para depois tirarem as próprias conclusões mostram que não reconhecem qualquer autoridade à Justiça e acoberto da opinião pública querem tomar a justiça nas próprias mãos.

O argumento “quem não deve não teme” não deveria ser maior que o direito à privacidade e bom nome.