Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Reactor 4

esquerda snowflake, lobo marxista easylado@sapo.pt

Reactor 4

esquerda snowflake, lobo marxista easylado@sapo.pt

Todos pela liberdade

09.02.10 | Bruno C.

 

Todos pela Liberdade é um blog criado por quem não tem mais nada que fazer que a busca por protagonismo. Uma espécie de Rogério Alves da internet, e vão fazer uma manifestação no dia 11 Fevereiro às 13h30. Dizem que “O primeiro-ministro de Portugal tem sérias dificuldades em lidar com a diferença de opinião.” Porque condiciona as entrevistas que lhe são feitas! Apresentem-me um chefe de estado que não coloque regras nas suas entrevistas e um mostro-lhes um político com os dias contados, no mundo em que vivemos a arte do improviso não pode ter lugar numa vida de um político profissional. Mas também falam de interferências nas equipas editoriais de alguns órgãos de comunicação social, interferências nunca provadas que muitas vezes não passam de especulação dos próprios órgãos de comunicação visados. No entanto a cereja no topo do bolo é recente publicação de despachos judiciais, proferidos no âmbito do processo Face Oculta. Ninguém estranha que os despachos sejam publicados no “SOL”, ninguém quer saber como é que o jornal teve acesso a essa informação nem tão pouco se é real (acho que deviam ver ou rever o filme Wag the Dog). Todas estas pessoas que se manifestam contra a falta de liberdade de expressão não estão preocupados com a invasão de privacidade que são as escutas, conversas privadas entre dois cidadãos, não param para pensar que certamente todos nós já falamos mal da Manuela Moura Guedes (ou também acham que o Miguel Sousa Tavares está ao serviço de José Sócrates), Mário Crespo, do Jornal da TVI etc., a grande diferença é que não fomos ouvidos.

Pior, estas pessoas tão dignas e conscientes dos direitos de expressão esquecem-se de que todos estes ataques ao Primeiro-Ministro têm um ponto comum, quem lançou a suspeita sobre a “asfixia democrática”, quem fez campanha neste tema e quem o alimentou com falsas suspeitas, onde foi publicado o artigo rejeitado de Mário Crespo e quem utiliza o parlamento europeu para fazer campanha nacional?

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    SOUSA

    10.02.10

    Caro Amilcar
    Sugiro que reveja as suas fontes de informação. Onde é que foi buscar os "fortes indícios de comportamentos reprováveis do nosso primeiro ministro"?
    Só por que aparecem "noticias" que dizem "parece que" "terá dito" "terá comentado" terá, terá????
    Então acha que num País onde não houvesse liberdade de informação isto era possível?
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.