Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Reactor 4

esquerda snowflake, lobo marxista easylado@sapo.pt

Reactor 4

esquerda snowflake, lobo marxista easylado@sapo.pt

Oliveira Salazar

27.07.10 | Bruno C.

Faz hoje 40 anos que António de Oliveira Salazar morreu. E nada melhor para comemorar esta data que ler a notícia que o jornal I preparou. É uma entrevista alguns defensores de Salazar. Porque ainda existem e ainda conseguem ter a lata de defender um ditador na praça pública sem problema nenhum.

Eu não sei se eles querem enganar o pessoal ou se querem engar a eles próprios mas dá gosto ler o que estes defensores dizem. João Gomes diz "Foi o governante que menos se apropriou dos bens públicos, que morreu sem um tostão e que governou tendo sempre como objectivo os interesses do país".

Acham mesmo que isto é verdade? Que ele tenha morrido pobre não questiono, agora dizer que governou sempre como objectivo os interesses do país isso já acho uma afronta. A não ser que achem que crescimento económico zero e crescimento intelectual zero seja do melhor interesse do país? Nesse caso tudo bem...

Mas o mais curioso é que apesar de defenderem o homem, dizem que não são "salazaristas"! Uma ideia fácil de perceber se formos ao site "O Obreiro da Pátria" criado por João Gomes onde podemos ler pérolas da retórica nacional:

"Esta compilação de dados sobre o HOMEM de quem todos nós ouvimos já falar mas que poucos conhecemos, não tem qualquer intenção tendenciosa, tão só e apenas de elucidar" e logo a seguir "Um Homem que governa durante 40 anos ininterruptamente..., teve que ter inspiração senão divina pelo menos superior."

É só rir...

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    manuela valente

    27.07.10

    Pois é estrangeira emigrada, foi por causa desse "monstro " que muitos e bons Portugueses (o que ñ é de certeza o teu caso) tiveram de abandonar o País e a família e ir ganhar a vida no estrangeiro.
    Não contando com todas as monstruosidades cometidas por esse facínora .
    Mas deixa-me dizer-te que tu e outros como tu ainda deviam estar sob o domínio dele, cambada de ignorantes, que nem do vosso País gostam,.
    Vão lamber as botas dos estrangeiros e ainda se acham Importantes.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.