Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Reactor 4

esquerda snowflake, lobo marxista easylado@sapo.pt

Reactor 4

esquerda snowflake, lobo marxista easylado@sapo.pt

Ainda sobre IVG

03.02.07 | Bruno C.
Caro joao vou pegar no seu comentário a este meu post (uma brincadeira que passou a ser um dos mais controversos de sempre!) para deixar aqui mais umas opiniões sobre o IVG.
Diz que devemos “penalizar os responsáveis por aparecimento de um feto indesejado que é abortado.” Penalizar como? Como o senhor Bagão, pô-las a fazer trabalho comunitário, haverá maior humilhação que isso? Só se as puserem em maternidades, mas da boca do Bagão já espero tudo. Ou manter a lei actual, já as estamos a penalizar, a elas e a quem as ajuda.
Acha também que existem atenuantes para as IVG, pelo menos não é tão opressor como a linha César das Neves, as previstas na lei, mas não deixa de as considerar um “Homicídio involuntário por parte de um inimputável”. Para mim discutível não é o uso do termo involuntário, o problema é mesmo o Homicídio. Com esta afirmação acha que fazer uma IVG é o mesmo que matar uma pessoa. Acha que um feto, embrião é exactamente igual a uma pessoa nascida. Não podemos deixar de reflectir que no extremo como disse Alexandre Quintanilha os espermatozóides e os óvulos também são vida humana, pois não podemos ter vida humana fruto de uma união de coisas não humanas. Também vai advogar as relações sexuais só tendo em vista a procriação? Se sim é um hipócrita.
Mas o que mais me choca na sua argumentação é a sua quase inquisitória perseguição das pessoas que do seu ponto apresentam comportamentos de “irresponsabilidade e/ou ignorância”. Vamos vetar a procriação aos estúpidos? Ou será que é preciso tirar um curso para se ter relações sexuais? E mesmo que assim fosse acha que as situações de gravidezes indesejadas nunca iriam acontecer? Ou é da linha da Alexandra?
Acho muito bem que se façam, devia ser obrigatório, “campanhas de sensibilização, instaure-se a educação sexual nas escolas. Explique-se aos jovens (e aos menos jovens) como é feito o aborto ilegal, quais as questões físicas e morais envolvidas.” Espero que não seja daqueles que se opõem a Ed. Sexual e a tudo que seja informação sobre o sexo e que agora dizem que não existe e deve existir. Mas mesmo que isso seja implementado não vai fazer com que as coisas não possam acontecer. Conhece algum método que seja eficaz a 100%? Sem ser a abstinência, que isso é ridículo. Eu não conheço, porque não existe nada eficaz a 100% e é por isso não podemos condenar as pessoas fruto de uma coisa que pode acontecer por um simples acaso, isso eu não faço.
Não entendo com querem penalizar uma coisa que não consideram crime.

2 comentários

Comentar post