Quer participar neste blog, tem alguma ideia ou sugestão para dar? easylado@sapo.pt

.posts recentes

. Europeias 2014 - Portugal

. As cinco frases realmente...

Segunda-feira, 26 de Maio de 2014

Europeias 2014 - Portugal

A passividade da esquerda-moderada combinada com a austeridade cega da direita-liberal-europeista levou a um dos mais absurdos resultados eleitorais que temos memória em Portugal.

O PS ganhou, mas era dificil fazer pior, 31,5% é um resultado paupérrimo e em condições bastante favoráveis. Seguro não mobiliza e a campanha foi muito fraca, num sentimento de "não somos iguais ao CDS/PSD mas também não somos muito diferentes", uma politica em "águas-de-bacalhau" que definitivamente o povo não responde bem.

A quimera bicéfala que é a "AP" perdeu, como seria de esperar, passou de 40% em 2009 e dos 50% em 2011 para 28%!! É um grande queda e seria suficiente para cair o governo, se não fosse a grande abstenção que marcou as eleições.

A CDU saiu vitoriosa. O BE, consegue ser tudo o que gosto e odeio na esquerda, e as razões para a descida imparável até ao fundo do poço merecem um post próprio.

Outro grande vitorioso desta noite eleitoral foi o populismo bacoco e conservador do grande ecologista Marinho Pinto. Marinho Pinto, ecologista? Candidato pelo MPT? 7% SETE POR CENTO? Está tudo burro? 

 

publicado por Bruno C. às 20:33
link do post | comentar | favorito
Sábado, 10 de Janeiro de 2009

As cinco frases realmente polémicas de Marinho Pinto

As 10 frases mais polémicas de Marinho Pinto.

É espantoso como tudo o que o homem diz é polémico. Ou isso ou frases feitas. Sempre que abre a boca é para dizer algo polémico ou asneira. Se analisarmos bem as suas frases, algumas são realmente polémicas, outras apenas não ficam bem a alguém que ocupa o cargo de bastonário da ordem dos advogados.

Eu seleccionei as 5 frases realmente polémicas de Marinho Pinto.

"Há pessoas que ocupam cargos de relevo no Estado português que cometem crimes impunemente"

"Um dos locais onde se violam mais os direitos dos cidadãos em Portugal, é nos tribunais"

"Eu não discuto com sindicatos. Os sindicatos querem é mais dinheiro e menos trabalho"

"Vale tudo, seja quem for que lá esteja, desde magistrados a outros juristas, não se pode falar em justiça desportiva, mas em prevalência manifesta de interesses e de poderes"

"Alguns magistrados pautam-se nos tribunais portugueses como os agentes da PIDE se comportavam nos últimos tempos do Estado Novo"

Isto é muito grave!

 

Artigo submetido por Cld

publicado por Bruno C. às 19:08
link do post | comentar | favorito

.links

.tags

. todas as tags

.pesquisar

 

.participar

. participe neste blog

.mais sobre mim

.arquivos